- Propaganda -

Siga o portal:

Início Notícias Balanço sobre o COVID-19 nos últimos 30 dias, segundo o Ministério da...

Balanço sobre o COVID-19 nos últimos 30 dias, segundo o Ministério da Saúde

No final da tarde de hoje dia 28/03/2020, o Ministério da Saúde transmitiu através do seu canal oficial no Youtube o balanço dos últimos 30 dias das ações e determinações sobre o combate ao Coronavírus (COVID-19). Segundo o balanço, o Brasil registra 3.904 casos confirmados de Coronavírus, 205 deles no Estado de Minas Gerais. Até o momento o estado vem se mantendo sem nenhum óbito registrado, porém, no restante do país os números chegam a 114 óbitos causados pela doença.

Durante a transmissão o Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta informa que, a quarentena se dá também ao fato de não haver material de EPI (máscaras, luvas, vestes e outros) suficiente para atender a todos os profissionais na linha de frente a contenção do COVID-19. Essa insuficiência se dá devido paralisação da indústria chinesa, principal fornecedor mundial de produtos de confecção em grande escala. Será solicitada também a ajuda das indústrias e grupos de confecções brasileiros para a confecção de máscaras de proteção mais simples que serão utilizadas principalmente por forças de segurança e profissionais que necessitam realizar a sua atuação externamente. Com esta ajuda será possível evitar a utilização desnecessárias de modelos mais adequados a serem utilizados em centros cirúrgicos e por profissionais que estão trabalhando em contato direito com pacientes positivos para o vírus em hospitais.

“O tempo que nós temos para nos prepararmos melhor é agora. Temos que regularizar o abastecimento correto dos Equipamentos Individuais de Proteção (EPIS) para os profissionais de saúde, caso contrário vamos rapidamente perder força de trabalho e teremos muita dificuldade”, ponderou Mandetta.

Ministro informou também sobre a dificuldade de planejamento devido à resistência de alguns estados e municípios em repassar os dados para o Ministério de Saúde e critica a decisão de Governadores e Prefeitos que adotam medidas unilaterais, defendendo que tais medidas devem ser elaboradas em conjunto com Ministério da Saúde. Mandetta explicou também que é um momento em que o país precisa se unir e andar na mesma direção para assim atravessar a crise com o menor estrago possível.

“Precisamos ter racionalidade e não nos mover por impulso. Vamos nos mover pela ciência, pela parte técnica, com planejamento e pensando em todos os cenários. Não podemos agir pensando individualmente, mas coletivamente. É hora da União, estados, municípios e população estarem bem alinhados para enfrentarmos juntos essa fase ruim”, explicou o Ministro.

Foi solicitado também aos juízes que não forneçam liminares permitindo o acesso a material produzido para distribuição pelo SUS sem antes consultar o ministério da saúde, visando que tais medidas podem acarretar em um não abastecimento deste material em locais que necessitam com mais urgência.

Foi informado também que está sendo negociada uma grande parceria pública privada com o Grupo DASA, líder em medicina diagnóstica no Brasil e América Latina. Segundo o Secretário de Vigilância e Saúde Wanderson Kleber de Oliveira o grupo será responsável pelo fornecimento de profissionais e infraestrutura de forma gratuita para realizar o processamento de exames com equipamentos e insumos cedidos pelo Ministério da Saúde, realizando também a operação de coleta do material a preço de custo em conjunto com unidades do SUS e empresas parceiras, visando assim aumentar a capacidade de testes realizados por dia. A capacidade atual é de apenas 6.700 testes por dia.

Foi pedido também um pouco mais de paciência aos empresários, segundo o ministro serão alinhados os parâmetros necessários junto aos estados para que saúde e economia caminhem juntos durante a pandemia do COVID-19.

“Onde for preciso apertar ou afrouxar mais nós faremos, mas sempre juntos. Vamos com ética, disciplina e foco. Estou com os cabeças brancas da medicina andando comigo. Agora é hora de unir todo mundo, vamos ter dias difíceis, mas podemos amenizá-los”.
- Propaganda -
Propaganda Site Responsivo 2C Web Design - Portal Além Paraíba
- Propaganda -
- Propaganda -
Propaganda Sistema 2C Web Design - Portal Além Paraíba
- Propaganda -
- Propaganda -
- Propaganda -

Outras Notícias